O que é o Tempo da Criação?

por | ago 24, 2021 | Blog, Notícias e Atualizações | 0 Comentários

Por María de los Ángeles Casafus Carrillo
Consultora Espiritual, Movimento Laudato Si’

“Louvado sejas meu Senhor, com todas as tuas criaturas”, rezava São Francisco de Assis. Com esta oração simples, mas profunda, ele permitiu que fiéis de várias gerações reconheçam a criação como fruto do Amor eterno de Deus.

O Tempo da Criação é um tempo de graça que a Igreja, no diálogo ecumênico, oferece à humanidade para renovar sua relação com o Criador e com a criação, por meio da celebração, da conversão e do compromisso conjunto.

Em outras palavras, o Tempo da Criação é a celebração ecumênica anual de oração e ação pela nossa casa comum.

Quando vamos nos encontrar?

O Tempo da Criação começa no dia 1º de setembro, Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação, e termina no dia 4 de outubro, festa de São Francisco de Assis, o padroeiro da ecologia amado por muitas denominações cristãs.

Indivíduos e comunidades são convidados a participar por meio de orações, projetos de sustentabilidade e mobilizações.

  • Oração: Organize um momento ecumênico de oração que reúna todos os cristãos e cristãs para cuidar de nossa casa comum.
  • Sustentabilidade: Conduza um projeto de limpeza que ajude toda a criação a prosperar.
  • Mobilização: Defenda a justiça climática participando ou liderando uma campanha contínua, como o movimento de desinvestimento de combustíveis fósseis.

Convidamos você a programar sua própria participação nesse tempo. Como um primeiro passo, visite tempodacriacao.org. Lá você encontrará o guia oficial de celebração do Tempo da Criação, uma ampla gama de recursos e um formulário para inscrever seus eventos.

ASSISTA: O que é o Tempo da Criação? 

Por que é importante?

Agir durante o Tempo da Criação é viver nossa fé católica.

A Igreja, seguindo os ensinamentos de Jesus e a partir da Doutrina Social Católica, ao longo do tempo tem exortado os fiéis a trabalharem pelo bem comum, que exige dignificar a vida em todas as suas formas, cuidar da casa comum, comprometer-se na construção de uma vida mais justa e solidária, sociedades fraternas e pacíficas, entre outros aspectos fundamentais para alcançar o que o Papa Francisco chama de ecologia integral na Laudato Si’.

Muitas vezes, quando falamos de criação, isso se relaciona com a natureza, os animais, as paisagens, o sol, a lua, mas raramente se percebe que o ser humano é o ápice do trabalho criativo do Pai, “Deus contemplou toda a sua obra, e viu que tudo era muito bom” (Gn 1,31), nos diz a Sagrada Escritura, dando a entender que Deus, depois da criação do homem e da mulher, se agrada de ver toda a sua obra.

A este respeito, é importante mencionar que, na Bíblia, existem diferentes referências à obra criadora do Pai, que fez o céu e a terra, o mar e tudo o que neles existe (Rm 4,24) e, mais ainda, com amor ele organiza tudo para sustentar e promover a harmonia: “Olhai as aves do céu: não semeiam nem ceifam, nem recolhem nos celeiros e vosso Pai celeste as alimenta” (Mt 6,26).

Em outras palavras, ele não é apenas um Deus criador, mas um Pai amoroso que cuida com ternura do trabalho de suas mãos e tem um sonho de fraternidade para toda a humanidade.

De acordo com o exposto, o Tempo da Criação é uma celebração que permite a todos nós nos reconhecermos como “obra do ato criador do Senhor”, e contemplar a natureza e tudo o que a habita e cuidar da nossa Casa Comum.

É necessário que todos os fiéis participem da celebração do Tempo da Criação. Dado que “o que era bom aos olhos de Deus tornou-se uma coisa explorável nas mãos do homem”, e é urgente que, como Igreja, desenvolvamos ações concretas de cuidado e preservação.

Como o Papa Francisco escreveu na Laudato Si’, “‘são necessários os talentos e o envolvimento de todos para reparar o dano causado pelos humanos sobre a criação de Deus’. Todos podemos colaborar, como instrumentos de Deus, no cuidado da criação, cada um a partir da sua cultura, experiência, iniciativas e capacidades” (LS 14).

A história do Tempo da Criação

Em 1989, o Patriarca Ecumênico Dimitrios I proclamou 1º de setembro como o Dia de Oração pela Criação para os Ortodoxos.

Posteriormente, o Conselho Mundial de Igrejas (CMI) estendeu a celebração até 4 de outubro, dia de São Francisco de Assis. Por sua vez, em 2015, o Papa Francisco oficializou o Tempo da Criação para a Igreja Católica Romana.

A este respeito, o Papa Francisco expressou em 2015:

“Anualmente, o Dia Mundial de Oração pelo Cuidado da Criação oferecerá a cada fiel e às comunidades a preciosa oportunidade para renovar a adesão pessoal à própria vocação de guardião da criação, elevando a Deus o agradecimento pela obra maravilhosa que Ele confiou ao nosso cuidado, invocando a sua ajuda para a protecção da criação e a sua misericórdia pelos pecados cometidos contra o mundo em que vivemos. A celebração deste Dia, na mesma data, com a Igreja Ortodoxa, será uma ocasião profícua para testemunhar a nossa crescente comunhão com os irmãos ortodoxos”.

O Papa e o Vaticano

Nos últimos anos, o Papa e o Vaticano mostraram uma liderança mais profética ao encorajar fortemente todos os católicos a participarem do tempo ecumênico.

Monsenhor Bruno-Marie Duffé, Secretário do Dicastério para o Serviço do Desenvolvimento Humano Integral do Vaticano, escreveu cartas convidando todos os católicos e católicas a “unir-se à família ecumênica na celebração do Tempo da Criação”.

Mons. Duffé repetiu o apelo do Papa Francisco para que todos os católicos e católicas se unem nesse tempo e também encorajou “os bispos e órgãos eclesiais a fazerem declarações para aumentar a conscientização sobre o Tempo da Criação, ajudando os fiéis a perceberem que ‘viver a vocação de guardiões da obra de Deus não é algo de opcional nem um aspecto secundário da experiência cristã, mas parte essencial duma existência virtuosa’ (LS 217)”.

Um tema novo a cada ano

A cada ano, o Comitê Diretivo Ecumênico sugere um tema e fornece recursos que orientam a celebração do Tempo da Criação; em 2019 o tema foi “Teia da Vida”, o Papa Francisco dirigiu uma mensagem por ocasião da celebração onde expressou: “Fomos pensados ​​e colocados no centro de uma teia da vida composta por milhões de espécies unidas amorosamente por nosso Criador”

Durante a celebração, foi possível refletir sobre como cada um de nós pode e deve se envolver para continuar tecendo a Teia da Vida a que todos pertencemos.

O tema de 2020 foi “Jubileu pela Terra”, o Papa também compartilhou uma mensagem na qual nos lembrou que “Na Sagrada Escritura, o Jubileu é um tempo sagrado para recordar, regressar, repousar, restaurar e rejubilar”. Foi um ano marcado por uma nova realidade, em que todos os seres humanos se lembram que somos vulneráveis ​​e que, além disso, precisamos de outros para sobreviver, à pandemia COVID-19, mesmo com todas as dores causadas, foi e continua sendo uma oportunidade para todos nós voltarmos nossos olhos para Deus.

Assista este resumo das atividades do TDC 2020

Abraham's tent for 2021 Season of CreationCom alegria, pudemos constatar que durante o Tempo da Criação 2020, milhares de pessoas e comunidades participaram de eventos vivificantes, iluminando o caminho de nossos irmãos e irmãs mais vulneráveis, que buscam esperança em meio a uma pandemia e ao agravamento da crise climática, entre outras crises que afetam nosso mundo.

Para este ano, o tema proposto é “Uma casa para todos? Renovando o Oikos de Deus”. Oikos é a palavra grega que significa “lar” ou “casa”; o símbolo proposto é a Tenda de Abraão, que representa nosso compromisso em preservar um lugar para todos os que compartilham nossa casa comum: 

Quem pode participar da celebração do Tempo da Criação?

Todos: fiéis e não religiosos. Porque todos somos chamados a viver em harmonia, sendo guardiões responsáveis ​​da nossa casa comum, o que implica que todos devemos nos comprometer a cuidar da vida em todas as suas formas, lembremo-nos que cuidar não se refere apenas a proteger, mas implica necessariamente amar, contemplar e sentir parte da obra criadora de Deus.

O Tempo da Criação é um momento propício para refletirmos sobre a importância da conversão ecológica, para trabalharmos na conquista de uma Ecologia Integral e, acima de tudo, para reconhecermos que toda a criação fala da beleza de seu autor.

Convidamos você a fazer parte desta celebração a nível pessoal, familiar e comunitário. Compartilhe posts nas redes sociais com a hashtag #SeasonofCreation ou #TempoDaCriação. E não se esqueça de interceder por este tempo ao Senhor com a Oração pelo Tempo da Criação 2021.

Laudato Si’ Movement
Laudato Si’ Movement

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments