Top 5 dos eventos do Tempo da Criação 2021

por | out 20, 2021 | Blog, Notícias e Atualizações | 0 Comentários

Era um objetivo simples, mas audacioso: criar uma casa para todos.

O tema do Tempo da Criação 2021, “Uma casa para todos? Renovando o Oikos de Deus”, viu católicos se unirem às nossas irmãs e irmãos cristãos em todo o mundo para orar e agir pela nossa casa comum.

A celebração ecumênica anual, realizada de 1º de setembro a 4 de outubro, foi marcada por eventos históricos que mostraram a urgência da crise climática, mas também a força da unidade cristã.

Entre essas ocasiões históricas, centenas de milhares de cristãos em todo o mundo expressaram seu amor pela criação de Deus de inúmeras maneiras, muitas das quais mostrando como eles e suas comunidades estavam dando vida ao tema do Tempo da Criação de 2021.

Aqui estão os cinco principais destaques deste Tempo da Criação de 2021.

1. A liderança do Papa Francisco

Crédito: Mazur/catholicnews.org.uk

Desde o início desse tempo ecumênico, o Papa Francisco mostrou sua liderança profética sobre a questão da crise climática.

Sua Santidade iniciou o Tempo da Criação encorajando todos os católicos a “agir de forma urgente e decisiva” para “transformar esta crise numa oportunidade.”

ASSISTA: O Papa Francisco te convida a celebrar o Tempo da Criação

Dias depois, o Papa Francisco, junto com o Patriarca Ecumênico Bartolomeu e Justin Welby, Arcebispo da Cantuária, emitiram uma histórica declaração conjunta.

Em vista da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26) em Glasgow, a primeira mensagem dos três líderes religiosos convocou todos os cristãos e suas comunidades a examinar seu comportamento e prometer “sacrifícios significativos pelo bem da terra que Deus nos deu”.

Ao longo do período, nas redes sociais, o Papa Francisco exortou todos os cristãos a participarem dessa celebração ecumênica e usou #tempodacriação.

Para encerrar o Tempo da Criação, em 4 de outubro, dia de festa de São Francisco de Assis, Sua Santidade uniu o mundo da fé mais uma vez. Mais sobre isso daqui a pouco.

ASSISTA: Católicos em todo o mundo celebram o Tempo da Criação 2021

2. Dando vida ao tema do Tempo da Criação 2021

Os católicos se uniram pelo tema do Tempo da Criação 2021.

No livro do Gênesis, Abraão e Sara abriram sua tenda como um lar para três estranhos, que no fim das contas eram anjos de Deus (Gênesis 18). Ao criar uma casa para todos, seu ato de hospitalidade radical tornou-se uma fonte de grande bênção.

O que é Oikos? Explorando o tema do Tempo da Criação 2021

Assim como Abraão e Sara, os católicos armaram tendas para todos como um símbolo de sua hospitalidade radical e seu compromisso em salvaguardar um lugar para todas as criaturas em nossa casa comum.

Em Perugia, Itália, um Círculo Laudato Si’ mudou sua tenda de lugar várias vezes – começando no centro histórico da cidade, passando pelos centros comerciais dos subúrbios e paróquias – para compartilhar o tema de transformação com todas as pessoas.

Outros ficaram tão emocionados com esse tema que criaram uma tenda e a deram de presente para o Papa Francisco.

Os católicos também criaram uma casa para todos ao promover celebrações de oração e limpezas comunitárias, que estavam entre as centenas de eventos que aconteceram durante esse tempo ecumênico e global.

No mundo todo, os católicos se uniram e rezaram uma novena a S. Francisco de Assis pedindo a Deus a graça da nossa conversão ecológica, e também como uma maneira de celebrar S. Francisco.

Por toda a Ásia, os católicos organizaram celebrações de oração e desafios fotográficos e criaram tendas para celebrar o Tempo da Criação 2021.

Os jovens se uniram várias vezes para mostrar como estão liderando os esforços de cuidado da nossa casa comum.

Em Barcelona, Espanha, na Basílica da Sagrada Família, líderes cristãos, junto com centenas de fiéis, relembraram nossos papéis como “humildes guardiões” da criação de Deus e incentivaram todos a buscar novos estilos de vida que nos ajudem a viver em harmonia com Sua criação.

E em Washington, DC, os católicos avançaram em seus esforços para dar vida à Laudato Si’ tanto durante o Tempo da Criação como depois dele ao celebrar uma missa Laudato Si’.

3. Assinando a petição ‘Planeta Saudável, Pessoas Saudáveis’ antes da COP26

Durante o Tempo da Criação, recados urgentes de que os governos devem tomar medidas drásticas na COP26 chegaram até nós na forma de furacões mais fortes e perigosos incêndios florestais.

Também soubemos que mais 23 espécies agora estão extintas nos Estados Unidos, um forte recado de que devemos agir coletivamente agora. Defenda toda a criação de Deus assinando a petição “Planeta Saudável, Pessoas Saudáveis”.

Dezenas de milhares de pessoas agiram ao assinar a petição “Planeta Saudável, Pessoas Saudáveis. A petição conclama os líderes mundiais a estabelecer metas ambiciosas na COP26, que nos ajudarão a todos a protegermos a nossa casa comum por gerações.

Em Nairóbi, membros de um Círculo Laudato Si’ compartilharam a mensagem esperançosa e urgente da petição porque queriam dar um rosto à crise climática.

Em um fim de semana, apesar das restrições à pandemia de COVID-19, cinco voluntários do círculo coletaram 428 assinaturas. O Círculo Laudato Si’ tem planos de fazer muito mais antes do início da COP26, em 31 de outubro.

Líderes católicos, incluindo o cardeal Peter Turkson, prefeito do Dicastério do Vaticano para a Promoção do Desenvolvimento Humano Integral, e o arcebispo Jean-Marc Aveline,de Marselha, também assinaram a petição e encorajaram os fiéis a se juntarem a eles.

ASSISTA: Cardeal Turkson e Arcebispo Aveline assinam a petição ‘Planeta Saudável, Pessoas Saudáveis’

4. Cuidando dos refugiados climáticos

O Tempo da Criação de 2021 ajudou a iluminar um problema crescente por causa da crise climática: os refugiados do clima.

Desde 2019, os desastres naturais desalojaram quase 35 milhões de pessoas em todo o mundo. Esse número provavelmente só aumentará no futuro, visto que os cientistas deixam claro que um planeta mais quente provavelmente produzirá furacões mais fortes e condições climáticas mais extremas como secas, deslizamentos de terra, inundações históricas e incêndios florestais galopantes.

No 107º Dia Mundial do Migrante e do Refugiado, os católicos se uniram para conscientizar as pessoas sobre os nossos irmãos e irmãs mais vulneráveis e falar sobre como todos nós podemos cuidar dos mais necessitados.

O cardeal Michael Czerny, SJ, Subsecretário da Seção de Migrantes e Refugiados do Vaticano, exortou a todos a se concentrar nas pessoas, os migrantes e refugiados, em vez do grande problema da migração.

Termos como migração “nos distanciam do povo”, disse o cardeal Czerny. “Pode ser perigoso se não falarmos sobre os seres humanos… as pessoas que sofrem e precisam de ajuda.”

5. Histórico apelo conjunto chama para uma ‘ação urgente, radical e responsável’ na COP26


O Papa Francisco e outros líderes religiosos encerraram o Tempo da Criação no dia de São Francisco de Assis assim como iniciaram esse período ecumênico: unidos em seu apelo para que os governos estabeleçam metas ambiciosas na COP26.

Sua Santidade e cerca de 40 líderes religiosos assinaram um apelo conjunto no Vaticano

conclamando os governos para que estabeleçam fortes metas climáticas e empreendam “ações urgentes, radicais e responsáveis” tendo em mente os jovens e os mais vulneráveis ​​entre nós.

“As futuras gerações nunca nos perdoarão se perdermos a oportunidade de proteger a nossa casa comum. Herdamos um jardim; não devemos deixar um deserto para nossos filhos”, afirma o apelo conjunto.

“Rogamos à comunidade internacional reunida na COP26 que aja de forma rápida, responsável e compartilhada para proteger, restaurar e curar nossa humanidade ferida e a casa confiada à nossa administração.”

Líderes religiosos de outras confissões cristãs e também do islamismo, judaísmo, hinduísmo e budismo, entre outros, assinaram o apelo conjunto, que foi então entregue a Alok Sharma, presidente da COP26.

“O dia de hoje nos mostra como podemos e vamos virar a maré”, disse Sharma, chamando o apelo de “um poderoso chamado à ação para o mundo”.

Leia mais

Ação de graças

Agradecemos ao nosso Deus Criador por este tempo abençoado e por mais uma vez unir a comunidade cristã para cuidar da nossa casa comum. Pedimos o perdão de Deus naquilo em que deixamos a desejar, pois muitos membros da criação sofrem desnecessariamente por causa da emergência climática e da crise ecológica.

Também pedimos a Deus que nos dê a coragem de lutar mais decididamente para buscar alcançar a justiça climática para toda a Sua criação. Pedimos ao nosso Deus Criador que nos ajude diariamente a lembrar que fomos estabelecidos como guardiães da Sua criação e que temos a capacidade de fazer o que é certo para todos os membros da nossa casa comum. Amém.

Jonathon Braden
Jonathon Braden

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments