Mais de 425 organizações católicas e 120.000 fiéis apoiam a reivindicação de um Planeta Saudável e Pessoas Saudáveis na COP26

por | nov 2, 2021 | Blog, Imprensa, Notícias e Atualizações | 0 Comentários

GLASGOW, 2 de novembro de 2021 – Hoje, a profética petição Planeta Saudável, Pessoas Saudáveis foi apresentada aos delegados da 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas, ampliando ainda mais o apelo dos líderes religiosos por uma ação corajosa na COP26.

A petição apóia o apelo do Papa Francisco por uma ação urgente e traz as assinaturas e reivindicações de mais de 120.000 católicos e 425 organizações parceiras, que juntos representam centenas de milhares de católicos dos seis continentes.

Proeminentes líderes católicos, dentre os quais o Cardeal Peter Turkson e o Bispo Victor Phalana, da Diocese de Klerksdorp, África do Sul, assinaram a petição.

A apresentação aconteceu durante o evento Fé em Ação pela Justiça Climática. A reunião inter-religiosa ocorreu na Igreja St. George’s Tron Church, em Glasgow, e uniu grupos religiosos do mundo todo em oração pela criação de Deus.

A petição conclama os governos a estabelecerem metas ambiciosas para enfrentar conjuntamente a emergência climática e a crise da biodiversidade; limitar o aquecimento global a 1,5 graus Celsius e assegurar que não haja mais perda de biodiversidade; garantir uma ação global equitativa; e proteger e respeitar os direitos humanos, incluindo os direitos dos Povos Indígenas e Comunidades Locais nas ações relacionadas ao clima e à biodiversidade.

As organizações participantes do evento inter-religioso incluíram o Movimento Laudato Si’, Christian Aid, Act Alliance, Living Laudato Si’, SCIAF, Federação Luterana Mundial, Tearfund, CAFOD, YCCN, WWC, Declaração Inter-religiosa de Glasgow e CYNESA, entre outros.

No mês passado, o mundo religioso se reuniu em um histórico apelo conjunto que pediu aos governos para “agir de forma rápida, responsável e compartilhada para salvaguardar, restaurar e curar a nossa humanidade ferida e a casa confiada à nossa administração”.

O apelo conjunto, assinado por cerca de 40 líderes religiosos, conclamou os governos a criar um futuro melhor. “As gerações futuras nunca nos perdoarão se perdermos a oportunidade de proteger nossa casa comum. Herdamos um jardim; não devemos deixar um deserto para nossos filhos”, afirma o apelo.

Citações de alguns líderes: 

Dra. Lorna Gold, Presidente do Conselho de Diretores do Movimento Laudato Si’: “A COP26 é uma oportunidade para que o mundo tome medidas urgentes, radicais e conscientes em resposta à crise ecológica e à emergência climática que estamos atravessando. A necessidade de uma ação corajosa de lideranças globais é fundamental se quisermos cuidar dos mais vulneráveis ​​e limitar o aquecimento a 1,5 graus, conforme o Acordo de Paris.”

Irmã Rainer, do Instituto da Beatíssima Virgem Maria: “As mudanças climáticas são uma realidade. Estamos experimentando essas mudanças todos os dias. Em nossas pequenas coisas, podemos nos unir e agir com ousadia para mudar o mundo. Então este é o momento. Esta é a nossa vez de fazer isso agora e, o mais importante, fazer juntos.”

Rudelmar Bueno de Faria, Secretário Geral, ACT Alliance: “Em 2021, o mundo se depara com duas emergências globais: a COVID-19 e a crise climática. Ambas devem ser tratadas com urgência e justiça.”

Jen Morris, Young Christian Climate Network (Rede de Jovens Cristãos pelo Clima): “A crise climática é tanto sintoma quanto causa da injustiça global, que faz com que os mais pobres do mundo paguem o preço mais alto pelas ações dos mais ricos. O YCCN está chamando o governo do Reino Unido a colocar o povo na frente dos saldos bancários e usar seu papel como anfitrião da COP26 para pressionar por ações urgentes em relação ao financiamento do clima.”

Jonathon Braden
Jonathon Braden

Escritor
Nebraska, EUA
Jonathon Braden tem mais de 10 anos de experiência em escrita e comunicação. Ele busca contar a história do GCCM.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments