Irmã Mary John Mananzan de Manila: 83 anos e ainda trabalha pela justiça social

por | nov 12, 2020 | Blog, Notícias e Atualizações | 0 Comentários

Irmã Mary John Mananzan dedicou sua vida a trabalhar pela justiça social.

Décadas atrás, o trabalho de justiça social da irmã Mary John Mananzan enfrentou difíceis chances de sucesso.

As Filipinas estavam sob lei marcial, e pessoas em posições de poder preferiam que ela e suas irmãs beneditinas ficasse dentro de casa e longe das ruas.

Mas a irmã Mary John passou décadas ajudando mulheres e trabalhadores a fazerem progressos significativos em seu país natal, e a inspiradora carreira de 60 anos da freira beneditina e ativista oferece inúmeras lições para católicos e todas as pessoas que trabalham contra a emergência climática, um problema igualmente grande que algumas pessoas no poder prefeririam que os ativistas deixassem em paz.

Irmã Mary John, que recentemente celebrou seu 83º aniversário, compartilhou essas lições e sua história no podcast do Movimento Católico Global.

Quer saber imediatamente quando o próximo episódio do podcast do Movimento Católico Global pelo Clima for lançado? Preencha este breve formulário, e enviaremos um e-mail assim que um novo episódio for publicado. Clique aqui para preencher este formulário de 30 segundos.

Irmã Mary John falou sobre por que ela passa tempo na criação todos os dias, e como a contemplação e sua vida regular de oração fornecem o combustível de que ela precisa para continuar trabalhando pela justiça social.

“É quando você está rodando um motor, em algum momento você precisa de gasolina. Se você nunca abastece a gasolina, não pode dirigir, não pode correr, então essa é a gasolina que dá energia para fazer alguma coisa”, disse ela.

“Sua espiritualidade, sua contemplação, seu alimento espiritual é o que te alimenta, e dá a força e até a coragem para ousar coisas que você não ousaria se não tivesse a convicção de que Deus está com você.”

Nisto constitui sua vida espiritual, ora et labora, oração e trabalho. “Esses dois estão muito conectados”, disse ela. “É da contemplação que você obtém a inspiração, a força e o desejo de fazer algo pela vida e para ajudar as pessoas que precisam.”

Irmã Mary John, que tem sido destaque em notícias ao redor do mundo, incluindo a CNN Filipinas, também compartilhou histórias de seu tempo de estudar na Alemanha, quando ela aprendeu com o famoso padre jesuíta e filósofo católico Karl Rahner, e com seu “batismo por fogo”, quando ela se solidarizou com os trabalhadores durante um período de lei marcial nas Filipinas.

Dentre os outros tópicos explorados na ampla entrevista:

Por que ela é destemida

“Ninguém pode fazer nada comigo. . . porque se você está conectado com Deus, quero dizer, o que eles podem fazer com você?”

Sua oração diária

“Ajude-me a viver este dia com plena consciência, compaixão e alegria. Essa é minha oração todos os dias.”

Milagres

Como ela e outras pessoas ajudaram a construir um hospital em uma das províncias mais pobres das Filipinas.

Sua carreira na educação

O que ela aprendeu com a co-fundação de GABRIELA, uma federação com 50.000 membros e 200 organizações femininas, e com o trabalho na preservação ecológica e no trabalho na Faculdade de Santa Escolástica em Manila.

Incentivamos você a aprender mais sobre o trabalho da Irmã Mary John unindo-se aos católicos no mundo todo e assinando a petição em StandWithPopeFrancis.org/pt. Você também pode ler mais sobre o trabalho dela no site do CIDSE aqui.

Veja a entrevista de podcast abaixo em nosso canal do YouTube.

Jonathon Braden
Jonathon Braden

Escritor
Nebraska, EUA
Jonathon Braden tem mais de 10 anos de experiência em escrita e comunicação. Ele busca contar a história do GCCM.

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
0 Comments
Inline Feedbacks
View all comments