No mês das mães contamos a história de Mayra Cordero, Animadora Laudato Si’ mexicana que vive no Canadá e idealizou um Programa de Fortalecimento da Ecoespiritualidade para fomentar a liderança ambiental entre mães católicas.

Mayra estudou Ciências Ambientais e tem mestrado em Meio Ambiente e Gestão. Sua conversão ecológica ocorreu de forma progressiva, mas impactante e reveladora, ao conhecer a Laudato Si’. Foi através dela que Mayra conseguiu aliar sua fé à sua paixão pelo cuidado com o meio ambiente.

Aos 19 anos, Mayra se mudou para o estado do Texas, nos Estados Unidos, para estudar inglês. Um curso de liderança a levou a criar um projeto de reciclagem na universidade que mais tarde faria dela a Coordenadora de Reciclagem da instituição. Por 10 anos Mayra desempenhou essa função, na qual obteve prêmios locais e nacionais, realizando apresentações, workshops e eventos em outras instituições.

De uma hora para outra, ela passou a ser referência não só na reciclagem, mas também no cuidado da Casa Comum, promovendo boas práticas de sustentabilidade. Porém, quando se casou, tornou-se mãe e teve que deixar o emprego, descobriu que faltava algo em sua vida: “Entrei em crise porque percebi que minha identidade era uma mentira, que se baseava apenas nas minhas conquistas e no que tinha feito. Mas quem eu era sem tudo aquilo? Quem sou eu se a única coisa em que ajudo o planeta é lavar fraldas?”, perguntava-se.

Naquela época, ela estava longe de Deus e da fé: “Minha ideia sobre sustentabilidade era a mesma que muitos têm: somos nós que vamos salvar o meio ambiente. Mas eu não enxergava que era uma criatura e fazia parte da criação”, diz ela.

Aos poucos, Mayra começou a se aproximar de Deus novamente “com vídeos no YouTube sobre milagres eucarísticos”, descobrindo que, através da ciência, o Senhor lhe mostrava que Ele estava ali, ao lado dela. “Naquele encontro com o Senhor, Ele me disse: ‘Tu és minha filha amada e o meio ambiente é o presente que lhe dou; com ele estou mostrando que te amo’,” lembra.

Aquele momento, segundo ela, “marcou meu desenvolvimento pessoal e crescimento humano”. Foi quando começou a consultar líderes e coaches e depois descobriu o coaching católico, no qual encontrou um espaço de desenvolvimento profissional que aliava todas as suas paixões: “Saber como funcionam o nosso corpo e a nossa mente na perspectiva do Senhor nos permite regular as emoções e ações. Era a parte que faltava a muitas mães como eu.”

Mayra pensou: “Se você não está se amando, se não está recebendo o amor de Deus, como vai amar realmente a sua família e a sua Casa Comum?” Foi então que criou o Programa de Fortalecimento da Ecoespiritualidade para promover a liderança ambiental entre mães católicas e começou a ensinar essas ferramentas a muitas mulheres na América Latina, Estados Unidos e Canadá.

Embora o programa não tenha foco específico no meio ambiente, essas práticas acabam produzindo frutos. Todas as mudanças de hábitos para cuidar da Casa Comum são fruto daquilo que a mulher precisa para se equilibrar em todas as esferas da sua vida. “Conhecer a Laudato Si’ foi revelador, foi a confirmação de que é possível chegar lá”, afirma Mayra.

O Programa para Mães Católicas

A missão do Programa é iniciar uma conversão ecológica coerente, combinando a formação humana com a formação espiritual. Ele tem a duração de cinco meses em formato online, com a realização de práticas de espiritualidade. Os temas discutidos giram em torno de vários ‘R’:

  • R de “recarregar-se”, saber quem você é, conhecer sua identidade, sentir-se amada. 
  • R de “repensar” o que pensamos. Pensar no que é e no que não é verdade em tudo que gira ao nosso redor.
  • R de “reprogramar-se”. Nosso Senhor nos diz: “Renove a sua mente, não viva de acordo com o mundo porque você não foi feita para o mundo, você foi feita para mais”. Portanto, renovar a nossa mente com este programa é dar-lhe as ferramentas práticas para uma mudança de vida.
  • R de “reavaliar”. Vivemos no piloto automático e queremos nos divertir, mas não devemos fazer assim. Há certas coisas que podem ser automáticas, mas devemos abrir os olhos e ver o que estamos fazendo.
  • R de “redescobrir”, ver, por exemplo, o que estamos comprando: a fast fashion contribui para o abuso de crianças e a perda de milhões de litros de água; entre outras coisas que devemos redescobrir.

Para saber mais sobre Mayra Cordero e seu programa, visite seu site e siga-a nas redes sociais.