O que é uma encíclica

por | jun 1, 2021 | Blog, Notícias e Atualizações

Laudato Si’. Crédito: Johan Bergström-Allen / carmelite.org

Biliões de pessoas foram motivadas pela carta encíclica do Papa Francisco “Laudato Si”. Mas o que é exactamente uma encíclica?

As encíclicas começaram como uma espécie de e-mail da Igreja primitiva. O nome vem da palavra grega para círculo ou circular.

Cartas importantes do Papa seriam enviadas aos bispos e igrejas locais, que então as copiariam e enviariam a outros bispos e igrejas locais, até que toda a Igreja recebesse a mensagem.

Isso exigia muito esforço. Portanto, você pode imaginar que continham informações vitais e não foram publicadas com tanta regularidade.

As encíclicas hoje são publicadas imediatamente no site do Vaticano em muitos idiomas para que todos possam ler. Mas seu público principal continua sendo os bispos e pastores do mundo e todos aqueles que ensinam e vivem a fé católica.

As encíclicas ajudam todos a compreender melhor como aplicar os ensinamentos da Sagrada Escritura e da Tradição Católica, especialmente à luz de um determinado tópico.

As encíclicas não são necessariamente declarações “infalíveis”, embora possam ser, se o Papa quiser passar por esse processo. Isso não acontece com frequência.

As encíclicas geralmente oferecem princípios orientadores importantes sobre os quais os fiéis podem refletir. Isso não significa que os católicos possam ignorar uma encíclica se refletirem sobre ela e não gostarem do que ela diz.

As encíclicas papais devem ser levadas muito a sério e devem nos desafiar a crescer como discípulos e discípulas de Jesus Cristo.

Há uma tradição na Igreja, especialmente durante o século passado, de escrever “encíclicas sociais” sobre temas como os direitos dos trabalhadores ou o desenvolvimento do ser humano e das culturas. Isso não significa que as “encíclicas sociais” não se importem com a fé. Claro que sim! Lembre-se de que seu propósito é conectar nossa fé católica a uma nova realidade.

Portanto, faz sentido que nos séculos I e XXI, sempre que o Papa (que é o pastor universal!) quis dar orientações sobre algum assunto, enviou uma mensagem à Igreja.

Em outras palavras, publicou uma encíclica.

Quantas encíclicas o Papa Francisco escreveu?

O Papa Francisco escreveu e publicou três encíclicas durante o seu pontificado, com uma estreita relação entre elas.

A primeira foi publicada dia 29 de junho de 2013 intitulada “Lumen Fidei” sobre a fé, onde ele chama todas as pessoas católicas a confiar plenamente no amor de Deus e na plenitude da fé cristã, vendo a Igreja como mãe de nossa fé católica, e nos lembrando que quem crê nunca está só. 

Em 2015, o Papa Francisco terminou a Encíclica Laudato Si’ no dia 24 de maio sobre o cuidado da nossa casa comum, que tem sido fundamental para as comunidades escutarem o grito da terra e o grito dos pobres, destacando que toda a criação está interligada e enfatizando as mudanças climáticas e o aceleramento da injustiça da crise ecológica e da emergência climática. 

A Encíclica mais recente publicada pelo Papa Francisco é do dia 3 de outubro de 2020, Fratelli Tutti sobre a fraternidade e a amizade social, no contexto global da incerteza devido à pandemia da Covid-19.

A encíclica é um chamado a abrir nossos corações ao mundo inteiro e estabelecer diálogos para fortalecer a paz, a justiça e a fraternidade.

Por que a Laudato Si’ é tão inovadora como encíclica?

É a primeira encíclica redigida que fala sobre a mudança climática e ecologia, também contempla um sentido ecumênico e inter-religioso onde chama todos a cuidarem da nossa casa comum.

Os católicos ao redor do mundo responderam de forma extraordinária ao apelo da Laudato Si’ para cuidar de nossa casa comum, você pode encontrar opiniões e experiências em Viva Laudato Si´

A Laudato Si’ deu novo crescimento e esperança ao movimento ecumênico e ao diálogo inter-religioso, bem como à promoção da paz e da solidariedade no mundo.

Um aspecto inovador da encíclica é a abordagem de que a crise climática se tornou uma questão moral, já que pessoas que mais sofreram e sofrerão os piores efeitos nada tiveram a ver com a geração de emissões de gases de efeito estufa que os cientistas dizem estar causando a crise climática.

Por que o Papa Francisco escreveu a encíclica Laudato Si´?

Uma das principais motivações do Santo Padre para a redação da encíclica é que ele se identifica de forma profunda com os ensinamentos de São Francisco de Assis, que é uma inspiração por ser, sem dúvida, a figura mais “ecológica” da Igreja Católica

Com base nesta inspiração ecológica, o Papa declarou que «Nesta Encíclica, pretendo especialmente entrar em diálogo com todos acerca da nossa casa comum.» (LS 3).

Este diálogo se baseia principalmente na escuta do grito da terra e do grito dos pobres já que nossa casa. «clama contra o mal que lhe provocamos por causa do uso irresponsável e do abuso dos bens que Deus nela colocou» (LS 2).

A encíclica é dirigida a cada pessoa que habita o planeta, escrita como cidadão de nossa casa comum que tem a responsabilidade moral de construir um novo «diálogo sobre a maneira como estamos a construir o futuro do planeta.» (LS 14)

Houveram encíclicas sobre a crise climática e o meio ambiente?

Desde o pontificado de Pio VII em 1800 e ao longo da história, os papas escreveram juntos um total de 275 encíclicas com enfoque principalmente social.

A encíclica Laudato Si’ é, portanto, a primeira a abordar a questão da ecologia, do meio ambiente e do cuidado da casa comum.

Uma referência anterior importante é a encíclica Caritas in Veritate escrita por Bento XVI também em 2009 com ideias mais próximas da preocupação ambiental e das questões de justiça social relacionadas ao meio ambiente.

Há mais informações sobre as encíclicas no site do Vaticano.

Como estão relacionadas a Laudato Sí’ e a Fratelli Tutti?

Ambas as encíclicas se relacionam na busca do bem comum, com base na Laudato Si’ e reconhecendo a importância de todas as criaturas interligadas.

Fratelli Tutti também promove uma fraternidade aberta que «permite reconhecer, valorizar e amar todas as pessoas independentemente da sua proximidade física, do ponto da terra onde cada uma nasceu ou habita»

Nesta história, você pode aprender mais sobre a relação entre Laudato Sí’ e Fratelli Tutti: 10 referências da Laudato Si’ na Fratelli Tutti. Tudo está interligado.

Tomás Insua
Tomás Insua

Tomás é ofundador e diretor executivo do Movimento Laudato Si’, que trabalha para ajudar a Igreja Católica a transformar o chamado da Laudato Si’ em uma ação ousada pela justiça climática. Anteriormente, foi bolsista Fulbright na Harvard Kennedy School, serviu no Secretariado do Clima da ONU ajudando a preparar a cúpula do clima COP21, trabalhou para o Google na América Latina e no sudeste da Ásia, e teve um papel de liderança em uma organização católica que trabalhava nas favelas de Buenos Aires. Tomás concluiu o mestrado em Administração Pública com especialização em políticas climáticas na Harvard Kennedy School e o mestrado em Políticas Públicas na Universidad Torcuato Di Tella. Ele cresceu em Buenos Aires, onde teve seu lar espiritual com os frades franciscanos, e mora em Roma com sua esposa, Vicky.

0 comentários